Comissão de Ensino do CFO busca melhorias para o Sistema de Gestão de Cursos de Especialização

A Comissão de Ensino do Conselho Federal de Odontologia (CFO) iniciou, em reunião nos dias 31 de julho e 1º de agosto, em Brasília/DF, projeto piloto, criado para testes do Sistema de Gestão de Cursos de Especialização. O objetivo é verificar a existência de possíveis inconsistências, com base, inclusive, no levantamento de dados em execução para identificar as principais dúvidas dos Cirurgiões-Dentistas acerca do registro de habilitação e especialização.

O trabalho consultivo é continuidade no processo de atualização dos conceitos e competências das 23 especialidades odontológicas, o que inclui a recém-criada, Harmonização Orofacial.  A Comissão contou com o assessoramento técnico do setor de Registro e Especialidades e do setor de Tecnologia da Informação (TI) da Autarquia.

Segundo a Coordenadora da Pasta, Viviane Coelho Dourado, todas as informações estão em fase de coleta para consolidação de um relatório que será encaminhado, em segundo momento, para a Coordenação-Geral das Comissões CFO. “A Comissão caminha em ritmo produtivo para validação de melhorias no sistema acerca do registro de habilitação e especialização. Nesta fase de trabalho, a maior preocupação do grupo de trabalho é com a precisão e assertividade no detalhamento das informações a fim de agregar à valorização da Odontologia”, esclareceu.

O trabalho é realizado pela Coordenadora Viviane Coelho Dourado e pelos membros Ataíde Mendes Aires, Júlio César Leite da Silva, Renato Rossi Júnior e acompanhada pelo Coordenador-Geral das Comissões, o Vice-Presidente do CFO, Ermensson Luiz Jorge.

Por Michelle Calazans, Ascom CFO
imprensa@cfo.org.br

Por Michelle Calazans, Ascom CFO
imprensa@cfo.org.br
0
Seja o primeiro a comentar!
Escreva aqui seu comentário...