Comissão do CFO inicia análise de currículos para Honra ao Mérito Odontológico Nacional 2019

Em reunião no Conselho Federal de Odontologia (CFO) nessa quarta-feira, 31 de julho, em Brasília/DF, a Comissão da Medalha de Honra ao Mérito Odontológico Nacional iniciou a análise dos currículos encaminhamos pelos Conselhos Regionais para validar a edição 2019 da honraria. A avaliação tem como base os critérios previstos no Regimento Interno da Autarquia, a fim de prestigiar aqueles que mais contribuíram para a valorização da Odontologia brasileira.

Em paralelo, a Comissão também trabalha na elaboração de minuta para atualização do Regimento Interno vigente, elaborado em 1995. O objetivo é que os novos critérios sejam implementados na próxima edição da honraria. “A minuta proposta passará pela Diretoria Executiva do CFO para aprovação das modificações pretendidas”, explicou.

Na prática, a Medalha de Honra ao Mérito Odontológico Nacional agracia Cirurgiões-Dentistas e autoridades pelos relevantes serviços prestados à Odontologia Brasileira. Ela se divide em três categorias: A – Contribuição profissional nos campos da ciência (ensino ou pesquisa); B – Contribuição Honorífica no plano do desempenho social, político e nos serviços; e C – Contribuição Benemérita na área de doação material e/ou obras odontológicas altamente significativas para a sociedade.

Além do Coordenador da Comissão, a reunião contou com a presença dos membros João Batista Figueiredo Franco, que também é Conselheiro Federal, e da Cirurgiã-Dentista Zilda Fagundes Lima Oliveira. O trabalho foi acompanhado pelo Coordenador-Geral das Comissões, o Vice-Presidente do CFO, Ermensson Luiz Jorge.

Por Werveson Ferreira, Ascom CFO 
imprensa@cfo.org.br

Por Werveson Ferreira, Ascom CFO
imprensa@cfo.org.br
0
Seja o primeiro a comentar!
Escreva aqui seu comentário...