CRO-AM pede suspensão de processo seletivo em Presidente Figueiredo

Conselho de Odontologia pede suspensão de processo seletivo em Presidente Figueiredo

Conselho de Odontologia pede suspensão de processo seletivo em Presidente Figueiredo

Salários estão abaixo do piso salarial dos profissionais cirurgiões-dentistas


O Conselho Regional de Odontologia do Amazonas (CRO-AM) se manifestou, nesta quarta-feira (13), a favor da suspensão do Processo Seletivo 001/2019, da Prefeitura Municipal de Presidente Figueiredo. A justificativa apresentada por meio de ofício ao prefeito da cidade, Romeiro Mendonça, é o valor para remuneração dos profissionais de odontologia que está abaixo do piso salarial.

No edital, estão sendo ofertadas 15 vagas para a função de cirurgião-dentista com carga horária de 30 horas semanais e vencimentos de R$ 2 mil. Para o presidente do CRO-AM, José Hugo Seffair, há um desrespeito com os profissionais, uma vez que o salário está abaixo do piso salarial. “O que era para configurar uma ampliação do campo de atuação odontológico representa um menosprezo do profissional”, ressaltou. 

De acordo com a Lei 3.999/61, o piso salarial dos cirurgiões-dentistas é de três salários mínimos para a jornada de 20 horas. “É uma situação vexatória que compromete a saúde bucal da população como um todo. Não há parâmetros coerentes que justifiquem a situação descrita. Os estabelecimentos de critérios que pautaram as referidas remunerações claramente não consignaram, a relevância do profissional que atua na Saúde Bucal”, destacou Seffair. 

O edital contempla ainda médicos de várias especialidades o que, segundo o CRO-AM, expõe discrepâncias inaceitáveis uma vez que a remuneração dos médicos para uma carga horária de 24 horas atende o que determina a legislação e o dos dentistas não. 

O CRO-AM encaminhou o ofício para o prefeito expondo a situação e cobrando providências como a suspensão do certame até que seja estabelecido salário que respeite o piso legal, sendo ao final determinada a correção do valor ofertado aos cirurgiões-dentistas.

0
Seja o primeiro a comentar!
Escreva aqui seu comentário...